bitcoin

Entenda o que é Bitcoin e os valores éticos do movimento dos tokens

Através dos tokens, pessoas conseguem apoiar projetos nos quais acreditam de uma maneira nunca antes vista. Sendo assim, elas têm o potencial de criar mais igualdade por todo o mundo. Falemos dos fundamentos do movimento e do seu potencial para o futuro.

Resumindo...

Não é segredo para ninguém que a Bitcoin foi o primeiro token de criptomoeda. Satoshi Nakamoto, o criador da Bitcoin, a descreveu como uma espécie de dinheiro digital que viria a ocasionar rupturas do sistema financeiro tradicional. 

Hoje, o segmento possui muitos tokens novos, com diversas utilizações diferentes. 

O movimento está só começando, mas os tokens já criaram uma revolução ao permitir que as pessoas pudessem apoiar as causas nas quais mais acreditam. 

São muitas as pessoas que acreditam piamente nos tokens, e ficou evidente que elas chegaram para ficar. Mas, no final das contas, qual o significado do movimento dos tokens? E qual é a importância dele? A primeira criptomoeda, batizada de Bitcoin, foi lançada em 2009 e pensada com o intuito de criar uma alternativa ao sistema financeiro tradicional. Nos últimos 14 anos, o ramo dos tokens passou por muitas mudanças, mas os seus valores essenciais originais permanecem os mesmos. Abordamos a importância dos tokens e os possíveis desdobramentos conforme este universo vai se expandindo. 

A história da criação da Bitcoin 💥

Como sabemos, a Bitcoin foi o primeiro token do mundo, responsável por estabelecer uma série de valores que foram posteriormente incorporados por outros projetos. 

Seu criador, que usa o pseudônimo Satoshi Nakamoto, começou a trabalhar no projeto após a grande crise financeira global de 2008, deixando muito claro que tratava-se de uma resposta às falhas do sistema financeiro tradicional. 

No relatório inicial, a criptomoeda foi descrita por ele como um "sistema financeiro peer-to-peer" (de usuário para usuário). É também famosa a história da mensagem acoplada ao bloco Gênesis da moeda: "Chanceler prestes a aprovar segundo socorro para os bancos. Fonte: The Times, 03 de janeiro de 2009". Era uma referência sobre a manchete do jornal na data do lançamento da blockchain, fazendo uma alusão à visão da Bitcoin.

The times' journal showing the headline "Chancellor on brink of second bailout for banks"

Manchete do jornal The Times no dia do lançamento da Bitcoin. Satoshi Nakamoto deixou uma mensagem oculta no código-base: "Chanceler prestes a aprovar segundo socorro para os bancos. Fonte: The Times, 03 de janeiro de 2009" (Fonte: The Times)

A mensagem inovadora da Bitcoin inspirou milhões de pessoas a acreditarem nos tokens. Os primeiros entusiastas sonhavam em usar a criptomoeda como alternativa ao dinheiro tradicional, livre de qualquer controle governamental. Eles tinham a intenção de criar um novo sistema que libertasse as pessoas. Essa visão utópica ainda define o movimento atual dos tokens. 

A evolução dos tokens

Muitos dos primeiros detentores de Bitcoin a utilizavam como investimento para guardar valor. Isso porque existe uma quantidade fixa de Bitcoins, de 21 milhões, ao contrário das moedas tradicionais, que podem inflacionar. A maior parte das moedas, como os dólares americanos ou as libras, vão perdendo seu valor com o passar do tempo devido à inflação. E é aí que está a proposta de valor essencial da Bitcoin.  

Os fãs mais fanáticos costumam guardar suas BTC por muito tempo, dando preferência à criptomoeda ao invés de dinheiro e outros ativos. Por este motivo, ela também é chamada de "ouro digital" hoje em dia. 

Picture of Vitalik Buterin speaking in a lecture

Vitalik Buterin, criador da Ethereum. A Ethereum passou a utilizar a tecnologia de contratos inteligentes, visando criar uma internet descentralizada, o que acabou inspirando diversas outras redes (Foto: : David Paul Morris/Bloomberg)

Desde seus primórdios, em 2009, a Bitcoin passou por muitas mudanças. O mesmo pode ser dito do universo dos tokens como um todo. A tecnologia dos contratos inteligentes transformou o ramo. Os contratos inteligentes permitem que pessoas possam construir programas em redes blockchain. Inovações como DeFi (finanças descentralizadas) e os famosos NFTs (tokens não fungíveis) funcionam tendo os contratos inteligentes como base. A Ethereum foi a primeira blockchain a operar com contratos inteligentes, mas outras redes como Solana e Avalanche usam aplicações descentralizadas semelhantes. Esse sistema costuma ser chamado de “Web3”, já que propõe uma versão aberta da internet, movida por tokens. 

Tokens têm o potencial de criar um mundo mais livre 🌍

Nos últimos anos, o ramo dos tokens tem estado em pleno crescimento. Mas, ainda sim, os principais projetos da atualidade ainda apresentam os mesmos valores essenciais que possibilitaram o sucesso da Bitcoin. De modo geral, a ideia é promover a descentralização e o acesso aberto, dando a possibilidade para que qualquer pessoa com acesso à internet possa apoiar seus projetos prediletos. 

No mundo dito tradicional, um pequeno número de entidades centrais poderosas dominam toda a internet e o sistema financeiro. Isso impede que pessoas comuns possam acessar as oportunidades aproveitadas por bancos e outras instituições de grande porte. Mas os tokens desafiam este paradigma. Isso ocorre por serem transparentes, além de serem processados em blockchains públicas. Isso significa que qualquer pessoa pode participar delas.  

Quem realmente é fã enxerga a tecnologia dos tokens como um verdadeiro movimento. Essas pessoas pretendem criar uma sociedade mais igualitária, onde qualquer pessoa pode participar financeiramente nos projetos nos quais acredita.

Superação de obstáculos 💪

Os tokens cresceram muito desde sua criação, mas é importante lembrar que o ramo ainda está engatinhando. Além disso, há obstáculos a serem superados para que a tecnologia possa alcançar a adoção em massa. O setor deve aprimorar os esforços educativos sobre os tokens, a acessibilidade dos mesmos e a experiência dos usuários. Na token.com, trabalhamos incansavelmente para resolver estas questões.

Screenshot of the Token app

A token.com oferece uma experiência de usuário sofisticada e elegante, facilitando a descoberta dos tokens.

Futuramente, quando os tokens finalmente alcançarem a adoção em massa, testemunharemos o surgimento de uma ampla variedade deles. Hoje, já temos milhares. Mas, no futuro, poderão ser milhões, beneficiando todos os tipos de causas e interesses. Essa é a nossa visão de um futuro tokenizado. 

Conforme os tokens vão ficando mais acessíveis, as pessoas encontram mais e mais maneiras de oferecer seu apoio aos projetos nos quais botam fé. Queremos pavimentar o caminho para este futuro na token.com

Um futuro tokenizado 🔮

A Bitcoin inaugurou um movimento global que pode vir a beneficiar milhões de pessoas. Mais para a frente, é possível que tenhamos diversos tipos de tokens, orientados para vários tipos de causas. A tokenização pode chegar a mudar por completo os conceitos de finanças e investimento, criando um mundo onde as pessoas podem participar do que desejarem, não importando o que seja. E, se isso der certo, pode ser uma revolução ainda mais transformadora do que a própria internet. Na token.com, nosso plano é contribuir para esta ousada meta.

Saiba mais sobre a token.com aqui

Atenção: Investir em criptoativos envolve assumir riscos. Devido à natureza volátil do mercado cripto, os investidores podem estar sujeitos a perder seus fundos quando compram tokens. Os retornos dos investimentos em criptoativos não são garantidos, portanto usuários do nosso aplicativo devem estar sempre cientes dos riscos.